quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Mulheres equilibradas





 Costumo dizer que uma das coisas mais difíceis de se conseguir na vida é EQUILÍBRIO. Isso porque entre 8 e 80 existem muitos números, mas só um deles é o ponto exato que equilibra a balança.

Hoje em dia, quem procura ser uma mulher de Deus equilibrada, pode transitar entre dois extremos. De um lado vemos mulheres extremamente independentes, que rejeitam totalmente a ideia de submissão. Algumas delas não aceitam que o marido lidere o lar, outras não querem casar, e tornaram-se até meio masculinizadas.
De outro lado vemos mulheres completamente passivas, sem opinião. Elas tem baixa auto-estima, medo de tomar decisões e vivem à sombra do marido.

O mundo nos leva para os extremos, mas somente Deus nos dá o equilíbrio. Num curto trecho do livro de Atos podemos observar três mulheres que devem servir de exemplo para nós.

A 1ª delas é Eunice, mãe de Timóteo.

Em Atos 16.1 diz: "Chegou a Derbe e depois a Listra onde vivia um discípulo chamado Timóteo. Sua mãe era uma judia convertida e seu pai era grego".
Vemos aqui um casamento misto: uma mulher judia cristã casada com um homem grego - mistura de culturas, religiões e fé.
Porém observe o que Paulo diz em 2Timóteo 1.5: "Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Loide e em sua mãe Eunice, e estou convencido de que também habita em você". "Porque desde criança você conhece as Sagradas Letras, que são capazes de torná-lo sábio para a salvação mediante a fé em Cristo Jesus" (2Timóteo 3.15).

Eunice era cristã e ensinou seu filho Timóteo nos caminhos de Deus, desde que ele era menino (mesmo sendo seu marido grego). A imagem de uma mulher omissa e passiva não combina com o retrato que temos de Eunice no novo testamento.

A 2ª mulher é Lídia.

Em Atos 16.13-15 diz assim: "No sábado saímos da cidade e fomos para a beira do rio, onde esperávamos encontrar um lugar de oração. Sentamo-nos e começamos a conversar com as mulheres que haviam se reunido ali. Uma das que ouviam era uma mulher temente a Deus chamada Lidia, vendedora de tecido de púrpura, da cidade de Tiatira. O Senhor abriu seu coração para atender à mensagem de Paulo. Tendo sido batizada, bem como os de sua casa, ela nos convidou dizendo: "Se os senhores me consideram uma crente no Senhor, venham ficar em minha casa. E nos convenceu".

Lidia trabalhava (era vendedora de tecido), tinha família e era uma mulher cristã - hoje em dia temos muitas "Lidias" entre nós. Ela se converteu, se batizou e convenceu os discípulos a ficarem em sua casa. Lidia era persuasiva, ensinável e graciosa - tudo em equilíbrio. Ela não se encaixa em nenhum dos extremos que falamos no início do texto.

A 3ª mulher é Priscila, esposa de Áquila

Em Atos 18.26 diz: "…quando Priscila e Áquila o ouviram [Apolo], convidaram-no para ir à sua casa e lhe explicaram com mais exatidão o caminho de Deus".

A bíblia sempre se refere a Priscila e Áquila juntos (ainda que o nome de Priscila venha sempre em primeiro lugar nos textos). Esse trecho de Atos diz que os dois convidaram Apolo para irem a casa deles e o ensinaram sobre os caminhos de Deus. Não diz que foi Áquila ou Priscila, mas sim os dois juntos, lado a lado.

Essas mulheres não deixaram seus maridos para "fazerem suas coisas". Nem se omitiram e viveram atrás deles, incapazes de tomar decisões e ter atitudes firmes. Elas foram mulheres de Deus equilibradas. O registro dessas mulheres no livro de Atos mostra que elas foram respeitadas em suas épocas.

Uma mulher equilibrada vê em Deus a sua força, o seu refúgio e o seu escudo. Reconhece que a bíblia é a Palavra de Deus vital para ela, se dedica a aprendê-la e a praticá-la no seu dia-a-dia. Conhece seu valor e sente-se responsável pelo seu próprio crescimento espiritual.

Dicas para as mulheres:

  • Fuja dos extremos, eles não estão na bíblia;
  • A Bíblia é o livro mais importante para você: estude-a. Não perca tempo com novelas ou revistas de fofoca, leia a Bíblia.
  • Peça sabedoria a Deus para encontrar o equilíbrio e ajude seu marido a entender isso também.

Aline Cândido


Estudo baseado na mensagem "Being a balanced woman of God" de Chuck Swindoll

Nenhum comentário: